quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Misticismo pitagórico - Significado dos Números

O ensino idealístico de Pitágoras, que atraia multidões ansiosas por ouvi-lo, poderia justificar a preocupação de filósofo de atribuir aos números e às figuras qualidades morais.
O um – tido mais por origem de todos os outros números que por número propriamente – representava a razão; o dois, a opinião; o quatro, a justiça; o cinco, o matrimônio (pois é constituído da adição de 3, o primeiro número macho, e de 2, o primeiro número fêmea).
Nas propriedades do cinco residia o segredo da cor; nas do seis, o segredo do frio; nas do sete, o segredo da saúde; nas do oito, o segredo do amor. O sólido de seis face (cubo) encerrava o segredo da Terra.
A pirâmide, o segredo do céus. A esfera era a figura mais perfeita.

Malba Tahan, Antologia da Matemática, v 1.

3 comentários: