segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Derivei meu amor


 

Eu derivei meu amor

Mas percebi que o limite

Tendia para o infinito.

Como solução somente a integração.

Usei a integral indefinida

Para calcular seu tamanho,

Mas percebi que era n-dimensional.

Então achei que era tudo relativo,

Dependia do referencial.

Em cada ângulo imaginei meu amor,

Mas percebi que em leis não se enquadrava.

Achei tudo aleatório,

Pedi socorro à probabilidade.

Se era uma variável discreta ou contínua,

Foi difícil diagnosticar.

Mesmo com intervalo de confiança

O amor caiu além dos limites.

Soltei o coeficiente de aceitação,

Mas o amor assumiu valores

De uma complexa inequação.

Então tarde eu percebi

Que o amor não tem explicação.

André M. Hemerly

sábado, 12 de dezembro de 2009

Parabens!!!

Hoje estamos completando o primeiro aniversário do Blog Matemática Enigmática.
Uma idéia que sempre tive, mas que faltava tempo (que as vezes ainda falta). Mas, gaças a Deus este ano deu certo.
Agradeço aos meus seguidores, que sempre esteve firme neste primeiro aninho. Muito das minhas pesquisas é resultado da curiosidade de vocês.
Espero que nos próximos anos, publicamos ainda mais noticias, curiosidades, enigmas da matemátca.
Abraços a todos.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

A mentira que é verdade

No século 7 a.C., o sábio filósofo de Creta, Epimênides inventou um dos mais antigos e interessantes paradoxos da história da matemática lógica. Conta que ele teria dito a seguinte frase: "Os que nascem em Creta são sempre mentirosos".

O curioso dessa afirmação é que Epimênides era cretense. Portanto, se é verdadeira sua afirmação de que os cretenses sempre mentem, então essa frase é falsa, pois ele estaria dizendo a verdade. Mas se ele mente ao dizer que os cretenses sempre mentem, então a frase é verdadeira.

É lógica parece quem não tem lógica.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Raciocínio Lógico - 1

Duas mães e duas filhas entram em uma sala onde estão quatro maçãs sobre uma mesa. Cada uma come uma fruta, e mesmo assim sobra uma maçã.

Pergunta-se: é possível que isto ocorra? Explique.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Desafio - VII

A soma de três números reais é igual a 9. O dobro do primeiro número mais o segundo é igual ao terceiro e se ao primeiro número adicionarmos a diferença entre o terceiro e o segundo números, o resultado é novamente o segundo. Quais são esses números?

Bom desafio!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Twitter

Agora também estou no twitter.

É, não podemos ficar de fora das mudanças do mundo da informática.

Vou utilizá-lo para as atualizações das novas postagens da Matemática Enigmática.

Muito chique, hein?

http://twitter.com/jonimarsouza

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Sequência mágica

    12345679.

    Esse número de oito dígitos é fácil gravar. Note que é a sequência do 1 ao 9, excluindo o 8. Mas você acreditaria se alguém lhe contasse que esse é um número mágico? Pois vamos testá-lo!

    Escreva o "número mágico" num papel e peça a um amigo que escolha o algarismo favorito dele. Multiplique o algarismo escolhido por 9 e escreva o resultado. Em seguida, multiplica o produto encontrado pelo "número mágico".

    Para a sua surpresa, o número será composto somente do algarismo que escolheu ou que seu amigo escolheu.

    Por exemplo, seu amigo escolheu o 5. Primeiro você multiplica por 9 (5 x 9 = 45). Na sequencia multiplicamos esse resultado pelo "número mágico" (45 x 12345679 = 555555555).

    Será mesmo mágica? Que nada, pura matemática!

Revista Ciência Hoje.