segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A involução do ensino da Matemática

Recentemente recebi um e-mail que mostrava como está o ensino de matemática nas escolas no Brasil e resolvi publicá-lo.

Você poderá até achá-lo engraçado, mas não é. É de ficar preocupado com o atual nível de ensino.

1. Ensino de matemática em 1950:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro? 

2. Ensino de matemática em 1970:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$80,00. Qual é o lucro? 

3. Ensino de matemática em 1980:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro: 

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

5. Ensino de matemática em 2000:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. O lucro é de R$ 20,00. 

Está certo?

( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2009:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00.Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00. 

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

7. Em 2010 vai ser assim:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00. Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.(Se você é afro-descendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder)

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00


 

    Como exigir do aluno raciocínio, habilidades e competências se lhe é dado tudo que precisa para resolver os conteúdos.

    Já sei, no futuro este aluno que não pensa também receberá ajuda social e financeira, pois a vida lhe ensinou a ter tudo o que precisa.

    Isto só acontece porque sempre têm aqueles que usufruem deste ensino caótico

e atrasado do Brasil. Enquanto tivermos um ensino de matemática deste nível, nunca seremos uma nação de primeiro mundo, pois não existe uma nação desenvolvida sem uma matemática desenvolvida.

4 comentários:

  1. engraçado nop primeiro momento, mas preocupante. Mas o que os professores estão fazendo pra corrigir este provavel futuro da educação?

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Acredito que reclamar isso publicamente já é estar fazendo algo. Mas acho que é preciso que haja mais discussões a este respeito entre os professores e com a sociedade em geral. Parabéns por já estar fazendo sua parte Junior. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Os professores fazem o que podem, buscam novos métodos de ensino. Mas fazer o que, se os PÊS (PCN, PDE, PDDE, etc) querem este atual nível de ensino.
    O problema é que a cultura dos educadores do Brasil só se movimentam para reivindicar salários, só se mexem quando burla no seu bolso, do contrário reclama, mas sentado no sofá. Assim fica difícil ver uma solução para o problema.
    Também temos a inércia de outra ala importante do contexto educacional (principalmente os pais e os alunos), enquanto estes não vislumbrarem a importância de um ensino de qualidade e reivindicarem mudanças, elas não irão acontecer.

    ResponderExcluir